ETHOS GESTÃO SUSTENTÁVEL

Ethos se potencializa para a aprendizagem


12/04/2017

Compartilhar

Profissionais do instituto participaram de palestra do CIEE sobre a lei da aprendizagem

Na última quarta-feira (05/04), profissionais de diferentes áreas do Instituto Ethos participaram de uma palestra com representantes do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), que abordou aspectos sobre como as empresas devem atuar quanto a aprendizagem.

Érica Ramos da Cunha, profissional da área de Mobilização e Relacionamento com Associados do Ethos, destaca a importância deste encontro. “A palestra foi enriquecedora e contribuiu para minha atualização em relação à aprendizagem. Acredito que tanto as empresas, quanto organizações e sociedade possuem papel fundamental na busca por uma sociedade mais justa. Negra, mulher e com pouca condição financeira vivenciei violações. Um projeto como este é visto, muitas vezes, como um ‘passaporte da alegria’. Espero que iniciativas como essa se multipliquem e continuem fazendo a diferença”, acredita Érica que já participou de programas de aprendizagem.

Contrato, jornada de trabalho, processo seletivo e legislação foram alguns dos pontos observados. Além disso, o CIEE pôde explicar sobre o programa Aprendiz Legal que desenvolve junto com a Fundação Roberto Marinho. Neste programa o centro oferece uma gestão compartilhada com as empresas que vai desde a seleção dos aprendizes, até o acompanhamento da aprendizagem do jovem, incluindo atendimento psicológico e capacitação teórica.

“Fui aprendiz dos 14 aos 21 anos. Uma experiência incrível, com a qual pude aprender sobre o mundo corporativo. Uma etapa determinante que me deu um norte quanto a qual caminho profissional seguir. Muito diferente dos jovens que não tiveram esta oportunidade”, revela Luís Renato do Nascimento, que também integra a equipe de Mobilização e Relacionamento com Associados do Ethos.

A iniciativa é da área de gestão de pessoas que junto ao CIEE propôs a atividade para conscientizar, sensibilizar e preparar os profissionais do Ethos para a inclusão de um aprendiz em seu quadro de funcionários.

Para Glaucia Oliveira, coordenadora de gestão de pessoas e administrativo do Instituto Ethos, o grande ganho do dia foi reconhecer a importância das empresas e organizações estarem sensíveis sobre as características do processo de aprendizagem e abertas a aprender juntas neste processo. “Como exposto pelo CIEE, nem sempre o jovem vai chegar 100% preparado e caberá ao seu gestor, junto ao restante da equipe, atuar de modo a prepará-lo para o mercado de trabalho, ao mesmo tempo respeitando seu momento de desenvolvimento, psicológico e social. Estamos muito entusiasmados e felizes, pois em maio, daremos início a mais um ciclo de aprendizagem no Ethos, contratando inicialmente uma jovem que atuará na nossa área de relacionamento”, destacou Glaucia.

Por Rejane Romano, do Instituto Ethos

ESTUDO DO SISTEMA DE INTEGRIDADE NACIONAL, JÁ DISPONÍVEL Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 maiores empresas do Brasil e suas ações afirmativas

CONTATO

© 2016 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.