Instituto Ethos

Compartilhar

Criando Oportunidades através da Biodiversidade

Eixo temático

• Comunidade

• Meio Ambiente

• Público Interno

 

Data de início

2000

 

Principal objetivo da prática

Integrar o Programa de Valorização da Biodiversidade de maneira complementar a diversas outras ações de responsabilidade corporativa da empresa.

 

Motivação

O surgimento desse caso se deu pela sistematização das práticas adotadas pela companhia no final da década de 1990. A empresa definiu todas as etapas do processo de desenvolvimento de matérias-primas de origem natural: desde os critérios de seleção das espécies a serem exploradas, passando pela formatação de fórmulas químicas complexas, até chegar aos arranjos produtivos das comunidades que efetuam o manejo das áreas verdes. A partir daquele momento, toda a cadeia estaria mapeada e interagiria de acordo com os conceitos de sustentabilidade.

Outro aspecto motivador da ação foi a união de dois fatores importantes: aumento da demanda do mercado por produtos de origem natural obtidos por meio de processos éticos e necessidade de desenvolvimento de práticas sustentáveis no âmbito industrial. A Beraca, assim, assumiu a posição de protagonista, criando pontes para relacionamentos sustentáveis entre todos os integrantes da cadeia de valor da empresa.

 

Descrição da prática

A iniciativa engloba ações para o desenvolvimento sustentável de matérias-primas com origem em insumos da biodiversidade brasileira e de alta tecnologia para as indústrias farmacêuticas e de cosméticos, agregando valor a todo o ciclo de vida dos produtos. As atividades são conduzidas em alinhamento com o tripé de sustentabilidade da empresa:

• Rentabilidade adequada – Rentabilizar toda a cadeia de valor, com respeito a seus princípios e políticas, pagando preços adequados aos fornecedores, remunerando os empregados no valor de mercado e entregando benefícios adicionais aos clientes;

• Preservação da água e da biodiversidade – Pelo caráter do negócio, é essencial priorizar os temas água e biodiversidade, sem prejuízo aos demais temas de meio ambiente, além de utilizar matérias-primas de maneira sustentável;

• Desenvolvimento humano de forma equilibrada – Contribuir para o desenvolvimento humano equilibrado de todos, com foco em saúde, nutrição e beleza.

Estratégia para ação de engajamento com stakeholder:

• Diálogo Beraca, Lideranças Comunitárias e Parceiros na Amazônia – Promover o engajamento dos stakeholders em torno de tópicos relevantes ligados à sustentabilidade, como durante o Beracom – Diálogo Beraca, Lideranças Comunitárias e Parceiros na Amazônia. Criada em 2010 com o perfil de oficinas intensivas de capacitação para os líderes das comunidades fornecedoras, a ação se consolidou como uma das principais ferramentas de engajamento com esse público. Atualmente o evento tem duração de três dias, com total subsídio da Beraca a todos os participantes, e conta com um incremento significativo de público. Em 2012, participaram líderes de 50 comunidades locais de diversos Estados brasileiros. A participação do poder público – tanto estadual como federal – é expressiva. O mais recente encontro recebeu secretários de Estado e diretores de ministérios, gerando oportunidades para que os líderes comunitários discutam políticas públicas para a região diretamente com representantes de governos. No último ano, a empresa recebeu membros da Social Accountability International (SAI) para falar sobre a questão do trabalho infantil, ponto-chave na região amazônica. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de meio milhão de indivíduos com idade inferior a 16 anos estão trabalhando nessa parte do país.

• Modelo de negociação – A empresa negocia com antecipação o valor a ser pago pela safra e a quantidade de insumo que a comunidade venderá, tudo mediante apresentação de notas fiscais, gerando tributos ao município, legalizando o comércio e a rastreabilidade. Isso garante estabilidade econômica e social, limitando a ação de atravessadores locais, que atuam sob a ótica econômica de demanda e oferta, especulando preços e comprando sem notas fiscais, o que estimula a informalidade e a ilegalidade dos insumos da biodiversidade;

• Escolha da comunidade – Existe a preocupação de entender os hábitos culturais da comunidade e só avançar nas negociações caso a espécie a ser explorada já faça parte do seu universo, pois a falta de um vínculo orgânico entre comunidade e espécie desqualifica a continuidade do processo. A Beraca também incentiva a adoção de práticas de manejo que possibilitem enquadrar as comunidades na condição de produtores orgânicos, pagando pela certificação em quase todos os casos. Além de garantir a preservação da biodiversidade, ao evitar a contaminação do solo e dos recursos hídricos pelo uso de agrotóxicos, por exemplo, a comunidade que recebe a certificação Ecocert pode vender sua produção por um valor até 20% mais elevado.

O Criando Oportunidades através da Biodiversidade representa para os clientes da Beraca aquisição de matérias-primas obtidas por meio de processos éticos e ambientalmente responsáveis; criação de formulações para gerar menor agressão ao organismo dos consumidores, visto que livres de compostos de origem sintética; redução das externalidades negativas ao meio ambiente pela substituição do uso de derivados de petróleos por ingredientes da biodiversidade brasileira.

 

Parcerias

Para 2014, a Beraca fechou parceria com a Universidade de São Paulo e a Columbia University para a mensuração quantitativa e qualitativa do desenvolvimento socioambiental de algumas das comunidades fornecedoras.

Entre os vários exemplos de alianças estão o apoio da Aveda (multinacional americana do segmento de cosméticos) às comunidades do Piauí; o projeto cultural desenvolvido com a Kiehl’s em Igarapé Miri (PA); o suporte da L’Occitane à Coopemaflima, localizada na Ilha de Marajó (PA) e objeto do case selecionado como um dos 12 finalistas do World Challenge, promovido pela BBC World e pela revista Newsweek.

Em conjunto com a instituição A Rocha Brasil, no Beracom de 2012 realizou-se uma importante pesquisa de materialidade, identificando-se os pontos-chave no relacionamento e os principais temas a serem tratados nos próximos encontros.

 

Investimento

A manutenção dos produtos obtidos por meio do programa representa um custo fixo elevado, especialmente por conta dos investimentos realizados nos profissionais das áreas de Biodiversidade; Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação – PD&I; e Produção. Já a manutenção financeira é baseada na receita gerada pelos produtos, que pode ser até 20% superior em relação aos convencionais. Entre 2011 e 2012, o faturamento das linhas ligadas à biodiversidade teve um crescimento expressivo, de 40%. No último ano, 3,2% do faturamento da companhia foi investido em sustentabilidade.

A seriedade do projeto permitiu à Beraca se tornar membro da União para o Biocomércio Ético (UEBT), associação sem fins lucrativos que promove o fornecimento de ingredientes de biodiversidades nativas, garantindo práticas que promovem a conservação da biodiversidade, respeitam o conhecimento tradicional e asseguram a justa e equitativa repartição de benefícios em toda a cadeia produtiva.

 

Ferramentas de gestão

A empresa tem um modelo específico de gestão em sustentabilidade, executado de maneira transversal, com ações realizadas por multiplicadores e decisões executivas tomadas por Comitê de Sustentabilidade e Planejamento, que conta com a figura de um sponsor, cujo papel é validar suas decisões, dando visibilidade e prioridade dentro dos programas da organização, além de apresentar as demandas da presidência para gerenciamento e execução do comitê.

Composto dos gestores dos principais processos e departamentos da empresa, o comitê tem como foco avaliar, sugerir mudanças e formatar um plano final com base nas principais decisões, visando ao bom desempenho econômico, social e ambiental da Beraca.

A empresa mantém diferentes canais de comunicação com seus stakeholders para divulgar as atividades e os resultados alcançados por suas ações ambientais. Um dos exemplos é o relatório de sustentabilidade, lançado a cada dois anos e produzido com a participação direta da alta direção, seguindo as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI/G3). O documento possui uma versão impressa e outra on-line, que pode ser acessada livremente no endereço eletrônico da Beraca (www.beraca.com) e no site da UEBT (www.ethicalbiotrade.org).

 

Resultados e benefícios

Atualmente, cerca de 1.600 famílias – de 105 núcleos comunitários existentes em seis Estados – são beneficiadas pelo projeto. Através das áreas orgânicas certificadas, a empresa ajuda a proteger a biodiversidade em cerca de 1,5 milhão de hectares, o equivalente a mais da metade do Estado de Alagoas. Em 2012, estabeleceu parceria com a Agência Alemã de Cooperação Internacional (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit) e a L’Oréal para que no biênio 2013- 2014 outras 300 famílias – cerca de 1.200 pessoas – de 24 municípios da região amazônica sejam beneficiadas.

Os efeitos gerados pelo projeto nas comunidades se torna mais expressivo quando se olha o posicionamento dos municípios em que residem no ranking do estudo para determinar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). De todos que constam no levantamento, grande parte daqueles que possuem pessoas assistidas pela Beraca encontra-se abaixo da posição 2.161, entre casos críticos situados na parte mais baixa do ranking, como Igarapé Miri (PA), 5.244º; Moju (PA), 5.244º; Currais (PI), 5.293º; Augusto Correa (PA), 5.458º; Viseu (PA), 5.481º; Breves (PA), 5.520º; e Afuá (PA), 5.543º. Isso deixa clara a capilaridade do caso apresentado, possível graças à expansão contínua do trabalho da Beraca com as comunidades. O que surgiu como uma ação pontual tornou-se um programa de alta reprodutibilidade em termos de boas práticas.

 

Contato

Nome: Thiago Augusto Terada

E-mail: thiago.terada@beraca.com

 

Dados da empresa

Nome: Beraca Sabará Químicos e Ingredientes S.A

Setor: Sustentabilidade na Gestão da Cadeia de Valor

Porte: Grande

Localização: São Paulo

Website: www.beraca.com

ESTUDO DO SISTEMA DE INTEGRIDADE NACIONAL, JÁ DISPONÍVEL Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 maiores empresas do Brasil e suas ações afirmativas

CONTATO

© 2016 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.