Projetos

sitemap:

Resíduos Sólidos

Recomende por e-mail

Em 2013, com o lançamento do Grupo de Trabalho de Empresas e Resíduos Sólidos, o Instituto Ethos expande a discussão sobre esse tema da cidade de São Paulo para o âmbito nacional, visando contribuir na implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e estimular ações e negócios inovadores, sustentáveis e responsáveis.

Nossos objetivos com o projeto

• Contribuir para a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS);
• Influenciar o debate sobre a PNRS;
• Contribuir para a harmonização das políticas de resíduos sólidos no país;
• Criar compromissos empresariais em resíduos sólidos e acompanhar seu andamento;
• Trocar experiências sobre práticas com resíduos sólidos.

Histórico

As discussões sobre a criação da PNRS, bem como a participação das empresas nesse processo, vêm de longa data. Em 2007, o Instituto Ethos lançou a publicação Vínculos de Negócios Sustentáveis em Resíduos Sólidos, que já tratava dessa questão.

Com o intuito de mobilizar empresas para o desenvolvimento justo e sustentável da cidade de São Paulo, o Instituto Ethos e a Rede Nossa São Paulo se uniram em 2010 para criar o Fórum Empresarial de Apoio à Cidade de São Paulo. Como desdobramento dessa iniciativa, tiveram início, em maio de 2011, as atividades do Grupo de Trabalho de Resíduos Sólidos do Fórum Empresarial, cujo objetivo era contribuir para a implantação da PNRS na cidade de São Paulo.

Entre suas realizações estão eventos importantes, como o seminário “Resíduos Sólidos e as Cidades: Boas Práticas e Desafios”, em agosto de 2012, e o lançamento da publicação Política Nacional de Resíduos Sólidos: Desafios e Oportunidades para as Empresas, que traz em suas 70 páginas um panorama da legislação referente à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e procura traçar um resumo histórico que ajuda a compreender como chegamos a essa política e quais são suas implicações.

Depois disso, o GT de Resíduos Sólidos percebeu que precisava ampliar suas discussões para todo o país. Não só porque a maioria das empresas participantes do grupo atuassem nacionalmente, mas também por notar que as implicações da política nacional dependiam de uma atuação integrada entre os governos federal, estaduais e municipais. Nesse sentido, o GT saiu do âmbito do Fórum Empresarial de Apoio à Cidade de São Paulo e passou a constituir, em 2013, um projeto por si só, dentro do Instituto Ethos, alinhado à estratégia do Programa Cidades Sustentáveis.

Carta de Compromissos

Em maio de 2013, o GT de Empresas e Resíduos Sólidos lançou a Carta de Compromissos “Empresas pela Gestão Sustentável de Resíduos Sólidos”, por meio da qual inúmeras empresas vêm se comprometendo publicamente com ações para acelerar a efetiva gestão sustentável dos resíduos sólidos no Brasil, considerando-a como uma oportunidade única para construir um novo modelo de desenvolvimento para o país.

Os compromissos das empresas

• Elaborar um plano de gerenciamento de resíduos sólidos pós-consumo;
• Dar destino ambientalmente adequado aos resíduos sólidos gerados em suas operações;
• Estimular a criação de projetos ou negócios inclusivos e sustentáveis em suas cadeias de valor;
• Estimular pesquisas sobre avaliação do ciclo de vida do produto;
• Promover a coleta seletiva, priorizando a inclusão de cooperativas de catadores de materiais recicláveis;
• Desenvolver sistemas de gestão ambiental voltados para a melhoria dos processos produtivos, adotando tecnologias limpas e inovadoras;
• Engajar-se, juntamente com o governo, a sociedade civil e nossos setores de atuação, no esforço de implantação dos acordos setoriais e da PNRS.

Como a sua empresa pode participar do GT

Qualquer empresa pode assinar a Carta de Compromissos “Empresas pela Gestão Sustentável de Resíduos Sólidos”. Empresas associadas ao Instituto Ethos e que tenham assinado a carta de compromissos também podem ingressar no Grupo de Trabalho de Empresas e Resíduos Sólidos.

Nossas publicações sobre o tema

Basura Cero: Gestión de Resíduos Sólidos para una Sociedad Más Próspera, de dezembro de 2013;
Lixo Zero: Gestão de Resíduos Sólidos para uma Sociedade Mais Próspera, de setembro de 2013;
Política Nacional de Resíduos Sólidos: Desafios e Oportunidades para as Empresas,
de agosto de 2012;
Vínculos de Negócios Sustentáveis em Resíduos Sólidos, de novembro de 2007

Principais ações do GT em 2013

• Lançamento da Carta de Compromissos “Empresas pela Gestão Sustentável de Resíduos Sólidos”, com a presença do secretário de Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, Ney Maranhão, do secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Bruno Covas, e do secretário de Serviços do Município de São Paulo, Simão Pedro Chiovetti;

Realização de duas oficinas com representantes de empresas, da sociedade civil e do governo para discutir a harmonização das políticas de resíduos sólidos, cujo resultado foi a publicação Lixo Zero: Gestão de Resíduos Sólidos para uma Sociedade Mais Próspera;

Lançamento, na Conferência Ethos 2013, em setembro, do livro Lixo Zero: Gestão de Resíduos Sólidos para uma Sociedade Mais Próspera, uma iniciativa do Instituto Ethos com o Programa Cata Ação que foi realizada pelo Núcleo de Economia Socioambiental da Universidade de São Paulo (Nesa-USP), com apoio do Planeta Sustentável, da Editora Abril;

Realização da Conferência Livre de Meio Ambiente em parceria com o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), a Força-Tarefa de Meio Ambiente do Comitê Brasileiro do Pacto Global e o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces);

• Participação na Conferência Municipal de Meio Ambiente;
• Realização do seminário “A Extensão e o Compartilhamento de Responsabilidades: o Papel do Setor Privado na Logística Reversa” em parceria com Abrelpe na Feira RWM Brasil;

Participação na Conferência Nacional de Meio Ambiente;

Apoio à ExpoCatadores.

Resultados esperados para 2014

Promover discussões a respeito do Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos (Sinir), com o intuito de que ele seja implantado de forma participativa, envolvendo os diversos setores da sociedade;

• Contribuir para a revisão do ambiente fiscal e tributário, visando ampliar o mercado de reciclagem e de logística reversa;

• Contribuir para a harmonização das políticas públicas de resíduos sólidos;

• Elaborar plataforma de acompanhamento dos compromissos assumidos pelas empresas signatárias da carta;

• Apoiar a criação de projetos e/ou negócios inclusivos e sustentáveis;

• Promover levantamento e troca de experiências com empresas e pesquisadores.

Empresas e organizações participantes do
Grupo de Trabalho de Resíduos Sólidos 

  • Abividro
  • Alcoa
  • Ambiensys Gestão Ambiental
  • Cushman & Wakefield
  • Ecoassist
  • Estre Ambiental
  • Fecomercio
  • Ilos
  • Leão Alimentos e Bebidas
  • Lexmark
  • Marfrig
  • Natura
  • Pernambucanas
  • PwC
  • Singular Ambiental
  • Suzano Papel e Celulose
  • Walmart

Conselho Consultivo

  • Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV (GVces)
  • Cicla Brasil
  • Fundação Avina
  • Giral – Viveiro de Projetos
  • Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec)
  • Laboratório de Sustentabilidade em TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação), da USP
  • Núcleo de Economia Socioambiental da Universidade de São Paulo (Nesa-USP)
  • Recicleiros
  • Rede Nossa São Paulo
  • SOS Sustentabilidade
  • You Green

 

 

Tags:
  • Não há tags associadas a esse post
Patrocinadores
 
 
Apoio
   

Conteúdos Relacionados

Publicações Relacionadas