Instituto Ethos

Compartilhar

Combate à Corrupção

Eixo temático

• Incorporação dos princípios de responsabilidade social

• Relacionamento com partes interessadas

• Governança

• Direitos Humanos

• Público Interno

 

Descrição da prática

Em junho de 2002, quando comemorou 25 anos, a Samarco publicou pela primeira vez seu código de conduta – um conjunto de normas e princípios éticos a serem adotados por todos os profissionais da empresa ao estabelecer relações com seus diferentes públicos de interesse, os chamados stakeholders.

A essência do documento são políticas e práticas que já eram adotadas pela gestão: o caráter colaborativo e a visão de longo prazo, ambos focados no desenvolvimento sustentável.

O documento reflete não apenas a estratégia corporativa da Samarco, mas também os dez princípios do Pacto Global (Global Compact), conforme propostos pela ONU, que dão atenção a questões ligadas ao respeito aos direitos humanos e têm como ponto de partida conceitos consolidados em legislações, tratados, regulamentos e princípios adotados pela sociedade. Em 2006 o documento passou por uma revisão e ganhou novo visual, com informações atualizadas e explicações mais detalhadas de alguns trechos, além de uma estrutura física que facilita a consulta. Sua essência, contudo, sofreu poucas mudanças, uma vez que o compromisso da empresa com a conduta ética de seus relacionamentos não sofreu alterações.

O código é entregue a empregados, empresas contratadas e fornecedores, que assinam um termo comprometendo-­se a respeitá­‐lo assim que o recebem.

Em 2008 foi feita a terceira revisão no Código de Conduta da Samarco, nos mesmos padrões das anteriores, com a participação direta de seus empregados. Esse modelo de governança confere maior transparência ao documento, ao mesmo tempo que revigora o sentimento de pertencimento de toda a organização.

Em 2009 e 2012, houve novas revisões, que contaram também com intensa participação dos empregados. Em 2011, a Samarco publicou a Política de Prevenção à Corrupção e Fraudes e Política de Compliance Antitruste, novamente objetivando alinhar a conduta de seus empregados à integridade.

 

Ferramentas de gestão

Para elaboração do seu código de conduta, a Samarco promoveu debates e diálogos com seus empregados e definiu uma comissão para coordenar o trabalho. A empresa consultou ainda códigos de ética e teve o apoio de uma assessoria especializada na área de recursos humanos.

Após a formação do código, a postura da empresa é monitorada pela ouvidoria, que atua como um canal acessível para quem deseja tratar de questões delicadas, como denúncias de comportamento inadequado ou abusos de poder. O ouvidor, também chamado de ombudsman, é o profissional encarregado de receber as reclamações e investigá‐las. Por fim, o código de conduta da Samarco é revisado periodicamente para que seja aperfeiçoado.

 

Contato

E-­‐mail: codigodeconduta@samarco.com

 

Dados da empresa

Nome: Samarco

Setor: Mineração

Porte: Grande

Localização: Minas Gerais

Website: www.samarco.com

 

ESTUDO DO SISTEMA DE INTEGRIDADE NACIONAL, JÁ DISPONÍVEL Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 maiores empresas do Brasil e suas ações afirmativas

CONTATO

© 2016 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.