POSICIONAMENTO INSTITUCIONAL

Organizações repudiam exoneração de chefe de Fiscalização do Trabalho Escravo


10/10/2017

Compartilhar

Diário Oficial publicou nesta terça, 10 de outubro, a demissão de André Esposito Roston

 

Coordenação Geral da Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo, Coordenadoria Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo do Ministério Público do Trabalho, Comissão Pastoral da Terra, Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados,  Assalariadas Rurais, Instituto Ethos de Empresas e ONG Repórter Brasil assinam juntas o posicionamento contra a exoneração de André Esposito Roston, que teria desagradado o Governo Federal ao informar a falta de recursos para o combate ao trabalho escravo em audiência pública realizada no Senado Federal.

Leia a nota de repudia na íntegra, aqui.

 

Por Rejane Romano, do Instituto Ethos

Foto: Everypixel

CONTATO

  • endereçoRua Bela Cintra, 952 - 9º andar - Consolação
  • endereço01415-904 São Paulo - SP
  • telefone(55 11)3897-2400
  • email[email protected]
  • horárioSeg a Sex - das 9:00h às 18:00h
  • imprensa(55 11)3897-2416 / [email protected]

© 2016 Instituto Ethos - Todos os direitos reservados.